Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Lei anti-tabaco: Mais de 900 acusados em dois meses
Quinta, 01/03/2012

Mais de 900 pessoas foram acusadas de violarem o novo Regime de Prevenção e Controlo do Tabagismo, que entrou em vigor a 1 de Janeiro. No primeiro mês do ano foram acusadas 283 pessoas, mas em Fevereiro o número de acusações mais do que duplicou para 659. Para os Serviços de Saúde, os dados estatísticos são um sinal de que as autoridades não enfraqueceram na aplicação da lei e que vão continuar a implementá-la “de uma forma rigorosa”.

 

De acordo com dados revelados ontem à noite pelos Serviços de Saúde, até às 17 horas de ontem, mais de 95 por cento dos 942 acusados eram homens. A maioria dos infractores – 63 por cento – eram residentes de Macau.

 

Os jardins, os cibercafés e as passagens superiores e inferiores para peões foram os pontos da cidade onde se detectaram mais casos de consumo de tabaco em locais proibidos. Metade das acusações foram emitidas na zona da Areia Preta e em 71 casos foi preciso pedir a intervenção das autoridades policiais.