Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Hato: CHCSJ investiga caso de mulher que perde bebé
Terça, 14/11/2017

O Centro Hospitalar Conde de São Januário está a investigar uma queixa de uma grávida que terá sido mandada para casa quando se dirigiu ao hospital durante a passagem do tufão Hato, tendo acabado por perder o bebé. A informação foi dada hoje pelo director do hospital, Kuok Cheong U.

 

“Em relação a este caso, temos, de facto, de fazer uma investigação de forma séria, prudente”, afirmou Kuok Cheong U, adiantando que será anunciado mais tarde se foi detectada uma situação de “negligência”.

 

O director do Centro Hospitalar Conde de São Januário falava esta manhã aos jornalistas, depois de ter participado no programa Fórum Macau, da Ou Mun Tin Toi. Durante o programa, a mãe da grávida em causa terá ligado para o estúdio, recordando o caso.

 

À TDM – Rádio Macau, Kuok Cheong U explicou que estava no hospital no dia do tufão, mas na altura não teve conhecimento do caso. O director contou que foi no dia seguinte à tempestade que contactou com a grávida e os familiares, que apresentaram uma queixa ao hospital.

 

No dia 23 de Agosto, a passagem do tufão Hato provocou 10 mortos em Macau, segundo o balanço oficial. Foi a pior tempestade dos últimos 50 anos no território.

 

Sofia Jesus