Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Sulu Sou:AL decide suspensão de mandato por caso em tribunal
Segunda, 13/11/2017

A Assembleia Legislativa vai ter de decidir se suspende ou ou não o mandato de Sulu Sou como deputado. Em causa o facto do jovem activista estar acusado de um crime de desobediência qualificada.

 

A Assembleia Legislativa recebeu um ofício do Tribunal Judicial de Base, no início do mês, a dar conta da acusação a Sulu Sou. O início do julgamento está de resto agendado para dia 28 de Novembro.

 

O tribunal pede, por isso, à Assembleia Legislativa para decidir “se é suspenso o mandato do deputado, bem como se é autorizada a sua intervenção em juízo”.

 

A Comissão de Regimento e Mandatos vai reunir-se esta quinta-feira para analisar o pedido do tribunal.

 

Além de Sulu Sou, o activista Scott Chiang é também arguido neste processo. À TDM-Rádio Macau, o antigo presidente da Novo Macau explicou que em causa está uma manifestação organizada no ano passado pela associação contra a atribuição de um subsídio à Universidade de Jinan, no valor de cem milhões de yuan.

 

Na altura, alguns manifestantes insistiram em caminhar até à Zona da Penha. A Polícia bloqueou o acesso à residência oficial do Chefe do Executivo, mas os activistas procuraram alternativas e chegaram mesmo a enviar aviões de papel para a residência.

 

Nesse mesmo dia a Polícia dizia que a concentração na Penha era ilegal e acusava os manifestantes de perturbação da ordem pública referindo-se ao facto de terem insistido em caminhar pela estrada e não pelo passeio junto ao centro comercial New Yao Hon, como estava estipulado pelas autoridades.

 

Marta Melo