Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Câmara de Comércio quer ser plataforma entre Angola e Macau
Quinta, 02/11/2017

Os órgãos sociais da recém-criada Câmara de Comércio de Angola em Macau tomaram posse esta quarta-feira. A iniciativa nasce depois de um apelo deixado pelo embaixador de Angola em Pequim, numa visita ao território em Abril último.

 

“O objectivo é promover as trocas comerciais e as oportunidades de negócio entre Angola e Macau. Temos a vontade de ser aquela plataforma que servirá para quem quiser investir em Angola ou aqueles angolanos que quiserem procurar em Macau contactos com a China consigam ter alguém com quem falar. Alguém que tenha conhecimentos locais e que possa direccioná-los no sentido de os apoiar nos seus interesses de negócios”, explicou à TDM- Rádio Macau Carlos Lobo, presidente da direcção da nova câmara de comércio. 

 

Carlos Lobo indica que uma das primeiras iniciativas passa por ajudar o Consulado de Angola em Macau nas comemorações do Dia Nacional de Angola, dia 11 de Novembro.

 

Para 2018 está previsto o primeiro evento. Carlos Lobo espera, depois do Ano Novo Chinês, “trazer alguém de Angola - responsáveis pelo desenvolvimento da economia de Angola – que procure explicar a potenciais investidores e a potenciais interessados quais são as novas linhas que o Governo de Angola procura fomentar”.

 

Marta Melo