Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Funeral de Johnny Reis: o adeus ao gentleman da Rádio
Sábado, 25/02/2012

Foi hoje a enterrar Johnny Reis, que durante vários décadas trabalhou na Rádio Macau. Na hora do adeus, antigos colegas recordam a figura e a voz de Johhny Reis.

 

“O Johnny Reis é uma pessoa que deixa muita saudade a muita gente. Foi um homem que marcou uma época importante de Macau, sob o ponto de vista não só da Rádio como da vida de Macau, da presença da comunidade portuguesa em Macau. Era um gentleman, era um homem amigo do seu amigo, um bom profissional que se fez à sua custa - era um autodidacta. E era um homem com quem se podia contar em qualquer altura. Deixa muita saudade, mas a vida é isto. Portanto, o que temos de dizer é 'Johnny, até um dia destes. E ficas connosco.'", afirmou Mário Cardoso.

 

Já Fátima Cid destaca o amor de Johnny Reis pelo território: “O que eu guardo dele, para além daquela figura que toda a gente sabe - que ele era um gentleman, um homem com H grande -, é de, em Lagos, onde o fui visitar - enquanto ele lá morou -, ele me ter transmitido o grande amor que tinha por Macau e a grande saudade.”

 

João Sameiro Afonso dos Reis, mais conhecido por Johnny Reis, veio para Macau em 1939 e fez carreira na Rádio, onde se estreou em 1948 na Rádio Vila Verde. Morreu na RAEM, aos 83 anos.