Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Nova queixa contra clínica ilegal que fazia plásticas
Sábado, 30/09/2017

Os Serviços de Saúde receberam uma nova queixa relacionada com o “J Medical Center”. A clínica, encerrada na passada terça-feira, fazia cirurgias plásticas sem licença.

 

De acordo com um comunicado, divulgado esta tarde, foi aberto mais um processo para acompanhar o recente caso reportado. A queixa refere-se a dois tratamentos que provocaram “reacções adversas e inadequadas” a uma residente.

 

Os Serviços de Saúde, em colaboração com o Corpo de Policia de Segurança Publica, fizeram uma inspecção à clínica, na terça-feira. A acção conjunta detectou “dezenas de medicamentos ilegais, equipamentos e utensílios clínicos destinados aos serviços de lipoaspiração”. As autoridades chegaram ao local depois de terem sido apresentadas queixas.

 

A clínica localizava-se no Edifício Comercial Rodrigues na Avenida da Praia Grande. Três médicos identificados estão impedidos de exercer a actividade, por 90 dias.

 

Os Serviços de Saúde revelam que existem “fortes indícios” do exercício “contínuo” e “ilegal” do espaço. Além disso, prometem concluir a investigação “no mais curto espaço de tempo possível”.

 

Pedro Galinha