Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Reestruturação do GCS: alargado quadro de funcionários
Sexta, 24/02/2012

 

O regulamento administrativo sobre a “Organização e Funcionamento do Gabinete de Comunicação Social” (GCS) prevê 73 lugares no quadro, em vez dos actuais 60. No entanto, como explicou o porta-voz do Conselho Executivo, nem estes 60 lugares estavam preenchidos. Até agora, num total de 110 funcionários, apenas 40 estavam nos quadros.

 

Este alargamento do quadro deverá elevar os custos, admite Leong Heng Teng, indicando que, hoje em dia, o orçamento do GCS ultrapassa os 47 milhões. “É óbvio que poderão surgir mais custos. Mas apesar de agora poderem ingressar no quadro 33 trabalhadores, os colegas do GCS já disseram que o aumento não será efectivamente muito grande”.

 

Leong Heng Teng explicou ainda que, com esta reestruturação orgânica, o Governo quer que o GCS esteja preparado para responder aos desafios dos novos circuitos de comunicação e informação. “O GCS tem de melhorar a sua orgânica e funcionamento para poder prestar um melhor serviço de transmissão e de fornecimento de informações. Por exemplo, eventos de grande envergadura poderão trazer a Macau muitos profissionais dos media e o GCS tem de estar preparado para os receber e facultar todas as informações necessárias”.

 

O regulamento administrativo sobre a “Organização e Funcionamento do GCS” também dita outras alterações, como a perda da competência de credenciação dos jornalistas. Na prática, o Gabinete já não exercia esta competência há vários anos e, de forma a resolver a questão, o Governo decidiu retirar-lhe esse poder. Esta decisão já tinha sido revelada pelo director do GCS e Leong Heng Teng veio hoje confirmá-la. No entanto, o porta-voz do Conselho Executivo reservou pormenores para a conferência de imprensa que o Gabinete vai dar mais tarde.

 

A par disto, o Gabinete passa a dividir-se em dois departamentos e cinco divisões, substituindo, assim, a estrutura de um departamento, duas divisões e um sector. Surge o Departamento de Informação, que integra a Divisão de Apoio à Comunicação Social e a Divisão de Arquivo e Documentação. A par deste, é criado o Departamento de Estudos e Promoção, ao qual caberá estudar e definir políticas de comunicação social, além de tratar de publicações, pelo que compreende ainda uma divisão com o mesmo nome. O GCS ganha também uma Divisão de Informática e Arquivo e ainda uma Divisão Administrativa e Financeira.