Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e de Hong Kong (quarta-feira)
Quarta, 27/09/2017

A proposta do Governo de proibir os trabalhadores do jogo de entrarem em casinos, fora do horário de trabalho, e as estatísticas oficiais sobre violência doméstica são alguns dos temas que marcam a imprensa local desta quarta-feira. Em Hong Kong, destaque para o discurso de Xi Jinping na Assembleia-Geral da Interpol, em Pequim.

 

Jornais e rádio de Macau em língua chinesa

O jornal Ou Mun destaca o ínicio da consulta pública sobre a proibição de entrada dos trabalhadores do jogo nos casinos, quando não estejam em funções. Uma auscultação que que inclui também a simplificação do procedimento sancionatório relativo à entrada de menores de 21 anos e a introdução da medida de apreensão cautelar de fichas de jogo.

 

Va Kio faz manchete com as declarações de Paulo Martins Chan. O director da Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ) sublinhou que o Macau não permite nem tem, neste momento, planos para permitir o jogo online.

 

Na Ou Mun Tin Toi, destaque para Pereira Coutinho, que participou no programa Fórum. O deputado reeleito criticou a falta de um mecanismo que proteja os funcionários públicos que apresentam queixas, considerando que a lacuna tem contribuído para a persistência de casos de corrupção. Pereira Coutinho considerou ainda que os deputados reeleitos têm uma responsabilidade acrescida. O canal em chinês da Rádio Macau dá ainda destaque, esta manhã, às “seis caras novas” na lista dos deputados nomeados pelo Chefe do Executivo.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

“Casos de violência doméstica em tendência decrescente”, titula o Jornal Tribuna de Macau em manchete, referindo-se ao balanço apresentado ontem pelo Instituto de Acção Social. Na primeira do JTM, as atenções dividem-se com a “‘Rédea curta’ para pessoal do jogo” – “Governo quer rever regras de entrada nos casinos”.

 

A descida do número de casos de violência doméstica também dita a manchete do Hoje Macau: “Queda com critério”. O jornal explica que a diminuição do número de casos estará relacionada com “uma avaliação mais eficiente dos episódios de violência doméstica”. Outro tema com honras de primeira página é o futebol de Macau: “Bolinha nem vê-la”.

 

O Ponto Final também coloca “As cartas na mesa”, em manchete. O jornal escreve que “os trabalhadores dos casinos do território estão entre os mais susceptíveis de contrair problemas de jogo patológico”. A gastronomia também merece destaque nesta edição: “Na Feitoria dos sabores, o que importa é a tradição”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

“O Governo nunca aprovou o jogo online”, escreve o Macau Post Daily em manchete, numa referência às declarações de Paulo Martins Chan, director da DICJ. Ainda na primeira o discurso do novo presidente de Angola, durante a tomada de posse: João Lourenço “apela à transparência para combater a corrupção”.

 

O Macau Daily Times também faz manchete com a DICJ, que “proíbe os croupiers de jogarem”. Destaque ainda esta quarta-feira para a interrupção do serviço de WhatsApp na China, “à medida que a censura aumenta”.

 

Também o Business Daily dá ao jogo o principal destaque da edição: “Croupiers viciados na mira do Governo”. Na primeira página, uma chamada de atenção também para um “mistério flutuante” – em causa os planos de construção de um casino-hotel flutuante e o facto de a DICJ entender que não há registo local das empresas alegadamente envolvidas no projecto de oferta pública inicial de cibermoedas.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O South China Morning Post escreve em manchete que “Xi procura um maior papel da Interpol para todos”. Noutro destaque, o jornal refere que “o Partido pretende elevar a confiança dos empresários” – uma alusão a um documento “de alto nível” que elogia o papel dos empreendedores no crescimento da China, pela primeira vez desde de 1949. Destaque também para o antigo Chefe do Executivo de Hong Kong, Donald Tsang, que rejeitou em tribunal as acusações de corrupção.

 

Também o China Daily faz manchete com o Presidente chinês na Assembleia-Geral da Interpol, em Pequim: “Xi compromete-se a ajudar a reforçar a Interpol”. O jornal oficial chinês destaca ainda o “apoio do Governo” chinês aos empresários, bem como as palavras do vice primeiro-ministro chinês, Liu Yandong, sobre a forma como a cooperação na área da inovação pode contribuir para a saúde das relações entre a China e os Estados Unidos.

 

No jornal Standard, destaque para um jovem piloto de Hong Kong que morreu num acidente na Austrália, quando recebia formação.

 

Sofia Jesus