Em destaque

20 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2173 patacas e 1.1350 dólares norte-americanos.

Ng “esperava” eleição de três deputados pró-democracia
Terça, 26/09/2017

Ng Kuok Cheong nunca duvidou que o movimento pró-democracia fosse capaz de eleger três deputados nas eleições legislativas de 17 de Setembro.

 

O grupo, dividido em três listas, conseguiu, no total mais de 30 mil votos: se não tivesse havido ruptura, teria sido a força política mais votada, recuperando os resultados de 2009. “Esperava estes resultados”, diz Ng Kuok Cheong. Em declarações à TDM – Rádio Macau, Ng Kuok Cheong explica como surgiu a decisão de concorrer fora da estrutura da Associação Novo Macau: “Disse aos meus amigos, incluindo Sulu Sou e Au Kam San: ‘Quero uma separação porque esta geração tem um novo modelo de concorrência’. Dividimo-nos em equipas diferentes. Cada equipa teria a sua dose de risco. Assim que sentissem esse perigo, eles [jovens pró-democracia] iriam fazer algo novo por eles próprios. Logo, a hipótese de sucesso seria maior através deste arranjo”.

 

Sem o apoio dos veteranos Ng Kuok Cheong e Au Kam San, também reeleito, Sulu Sou foi o único cabeça-de-lista da Novo Macau. Avançou com o ex-deputado Chan Wai Chi como número dois e garantiu a eleição ao conseguir 9212 votos.

 

“Se tivéssemos decidido, de forma relutante, avançar com diferentes equipas através da mesma associação, os conflitos internos iriam baixar a eficácia da divisão” em lista, sublinha Ng Kuok Cheong. Uma das questões por resolver tem que ver com a actual sede da Novo Macau: o espaço está a ser arrendado à associação pela mulher de Ng Kuok Cheong, que, este ano, decidiu aumentar o valor da renda.

 

A Novo Macau diz que será difícil aguentar a despesa. “Não me parece que seja difícil porque a renda inicial é muito baixa, cerca de cinco mil patacas. Está 50 por cento abaixo do preço de mercado”, reage Ng Kuok Cheong. A actualização “não será 100 por cento do preço do mercado”. “Será ainda um preço muito barato”, garante.

 

Ng Kuok Cheong e Au Kam San estão a arrendar um escritório na Areia Preta que funciona como gabinete dos deputados, separado da Novo Macau. O senhorio quer também aumentar a renda e deu um ano a Ng Kuok Cheong e Au Kam San para encontrarem um novo espaço.

 

Os dois deputados pretendem continuar na Areia Preta.

 

Sónia Nunes