Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Au Kam San quer razões para proibição de entradas em Macau
Segunda, 25/09/2017

Au Kam San considera que o Governo ainda não apresentou justificações transparentes para a rejeição da entrada em Macau dos jornalistas de Hong Kong.

 

Em declarações, esta manhã, no programa “Fórum” do canal em chinês da Rádio Macau, o deputado reeleito criticou o Governo por não apresentar razões objectivas, limitando-se a citar a lei de bases da segurança interna.

 

Au Kam San falou ainda sobre a nomeação da Raymond Tam, director dos Serviços de Protecção Ambiental, para a direcção dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos, defendendo que o mais importante é haver confiança por parte da população. Se a nomeação for questionada desde a primeira hora, defendeu, as coisas vão tornar-se mais difíceis.

 

Nestas declarações, Au Kam San disse ainda que houve um mal-entendido a propósito dos comentários que fez sobre a participação do Exército de Libertação Popular nos trabalhos de recuperação depois do tufão Hato.

 

O deputado diz que apenas queria sublinhar a incompetência do Governo para resolver os problemas causados pela devastação da tempestade tropical, e pediu desculpa pelo mal-entendido.

 

TDM – Rádio Macau