Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Agnes Lam disponível para aprovar uma lei sindical
Sábado, 23/09/2017

Se a lei sindical for novamente discutida na Assembleia Legislativa, a deputada eleita Agnes Lam diz estar disponível para votar a favor do diploma, mas alerta que a última versão do projecto de lei, que foi apresentada Associação Geral dos Operários de Macau, não a deixou completamente satisfeita. 

 

"Algo muito importante para a actividade dos sindicatos é negociação salarial e de outros benefícios para os trabalhadores. Mas no último projecto de lei não era exactamente assim. Mas é uma questão que tenho que verificar", afirma, em declarações ao Rádio Macau Entrevista.

 

Agnes Lam diz que "tende a concordar" com uma lei sindical porque se trata de "um mecanismo fundamental para proteger os trabalhadores e empregados". Em Novembro de 2016, a Assembleia Legislativa chumbou pela oita vez um projecto de lei para a criação de sindicatos,  com 15 votos contra e 12 a favor.

 

Maior mobilidade para os funcionários públicos no seio da Administração e um imposto para taxar casas que se encontram vazias são outras propostas avançadas por Agnes Lam. A académica diz que este impostovai permitir combater de forma eficaz a especulação imobiliária.

 

André Jegundo