Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Legislativas 2017: os candidatos e as propostas da lista 23
Quinta, 14/09/2017

Os canais portugueses da TDM apresentam durante o período de campanha eleitoral um perfil das listas candidatas às eleições para a Assembleia Legislativa. Os candidatos e as propostas, com emissão na Rádio Macau às 9h30 e 16h, e no Canal Macau durante o Telejornal.

 

A lista 23 é a Início Democrática: activista, pró-democracia e com afinidades ao movimento operário mais radical.

 

O cabeça-de-lista é Lee Kin Yun. Nasceu em Hong Kong, tem 38 anos e é uma presença assídua nas eleições por sufrágio directo, desde 2005. Até aqui, foi sempre candidato pela Associação de Activismo para a Democracia. Nunca foi eleito. O ano em que conseguiu um melhor resultado eleitoral foi em 2009:  recebeu pouco mais de mil votos.

 

O número dois é Wu ShaoHong, tem 35 anos e trabalha na indústria do jogo. Candidata-se pela primeira vez.

 

Em terceiro lugar está Tam Kai Chong, estudante e também uma estreia nestas eleições. Tem 24 anos e tem vindo a ganhar visibilidade nos protestos organizados por Lee Kin Yun.

 

Actvista, com forte presença em manifestações de rua, nas últimas eleições, em 2013, Lee Kin Yun foi detido pela polícia de Hong Kong, onde tem também actividade política. Em causa, estava a participação num protesto não autorizado, ocorrido um ano antes.

 

São, de resto, comuns as imagens de Lee Kin Yun a ser detido pela polícia por desobediência às autoridades, com destaque para os eventos que contam com participação de altas figuras do Estado.

 

A primeira vez que Lee Kin Yun terá sido notícia foi em 1999, ao ser condenado pelo Tribunal de Última Instância de Hong Kong por escrever a palavra “vergonha” na bandeira da RAEHK e da China.

 

Nestas legislativas, a democracia volta a ser a grande bandeira. A lista defende a eleição por voto directo e universal do Chefe do Executivo e da Assembleia Legislativa.

 

Sónia Nunes