Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

MP recorre de absolvições em caso conexo ao de Ho Chio Meng
Quinta, 14/09/2017

O Ministério Público anunciou que apresentou hoje recurso da sentença que absolveu três dos nove arguidos do processo conexo ao do ex-Procurador Ho Chio Meng, condenado a 21 anos de prisão.

 

Num breve comunicado, o Ministério Público informou ter recorrido das decisões relativas a António Lai, ex-chefe de Gabinete de Ho Chio Meng, Chan Ka Fai, ex-assessor do Ministério Público, e Alex Lam, funcionário das empresas envolvidas no processo.

 

Numa decisão conhecida no passado dia 15 de Agosto, António Lai foi absolvido da acusação de mais de mil crimes de burla, tal como Chan Ka Fai. Já Alex Lam estava acusado por vários crimes, incluindo participação em organização criminosa, branqueamento de capitais e burla.

 

A notícia do recurso do Ministério Público surge no mesmo dia em que se soube que António Lai voltou a ser admitido no organismo de investigação.

 

De acordo com o que disse hoje ao canal em chinês da Rádio Macau Tam Peng Tong, o chefe do Gabinete do Procurador Ip Son Sang, chegou ao fim a suspensão preventiva de funções de António Lai, que pode agora regressar ao Gabinete do Procurador do Ministério Público na qualidade de técnico superior.

 

Hugo Pinto