Em destaque

24 de Novembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.5893 patacas e 1.1857 dólares norte-americanos.

Legislativas 2017: os candidatos e as propostas da lista 20
Quarta, 13/09/2017

Os canais portugueses da TDM apresentam durante o período de campanha eleitoral um perfil das listas candidatas às eleições para a Assembleia Legislativa. Os candidatos e as propostas, com emissão na Rádio Macau às 9h30 e 16h, e no Canal Macau durante o Telejornal.

 

A lista 20 é a União de Macau-Guangdong, ligada à comunidade vinda de Kong Mun (Jiangmen, em mandarim), uma cidade na província de Guangdong. A maior parte dos candidatos desta lista nasceu nesta cidade. Nesta eleição procura a reeleição dos deputados Mak Soi Kun e Zheng Anting.

 

O resultado nas últimas eleicoes, de 2013, mostram o sucesso das listas  regionais. Na altura, a União Macau – Guangdong foi a segunda lista mais votada, logo a seguir à lista da comunidade de Fujian, liderada por Chan Meng Kam.

 

O cabeça-de-lista é o deputado Mak Soi Kun, de 61 anos. É empresário da construção civil  – dirige a Sociedade de Engenharia Soi Kun e a Companhia de Construção Civil Nam Kwong - e também é presidente de duas associações ambientais.

 

Mak candidatou-se em 2005, na altura como o número quatro da lista de Fong Chi Keong. Em 2009, avançou uma lista própria e foi eleito. Desde então cumpriu dois mandatos de deputado.

 

O número dois da União de Macau-Guangdong volta a ser Zheng Anting, depois de ter sido eleito pela primeira vez há quatro anos. Zheng Anting gere a empresa de restauração Old Shanghai.

 

A terceira candidata é a bancária Lo Choi In, que já se tinha candidatado nesta lista em 2013, em quarto lugar.

 

A lista está ligada Associação dos Conterrâneos de Kong Mun que há quatro anos, durante a campanha eleitoral, entregou subsídios e bolos lunares aos sócios com mais de 60 anos, num total de oito milhões de patacas distribuídos entre 14 mil pessoas.

 

Esta associação de conterrâneos foi fundada pelo empresário Sio Tak Hong, que controla  o Hotel Fortuna e está em vários projectos de imobiliário, como a fábrica de panchões, um terreno alvo de conflito com o Governo.

 

O sector da construção tem dominado as intervenções do número de Mak Soi Kun enquanto deputado.

 

Já o número dois, Zheng Anting,  tem sido uma voz activa na Assembleia Legislativa a favor da resolução do caso Pearl Horizon.  Tem também sido um crítico da Lei de Terras, tendo mesmo apresentado uma proposta de revisão da lei ao Governo, em conjunto com o deputado Leonel Alves.

 

A habitação é um dos principais pontos no programa da União Macau-Guangdong. A lista defende o aumento da oferta de habitação privada, para que os preços possam diminuir. Também quer que a ajuda financeira aos idosos chegue às dez mil patacas mensais. Por fim, defende o apoio aos jovens para que estes adquiram mais competências profissionais.

 

Lina Ferreira