Em destaque

20 de Setembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.7133 patacas e 1.2006 dólares.

Três escolas escrevem a pais pedindo que votem na lista 11
Sexta, 08/09/2017

Há pelo menos três escolas a enviar cartas a pais de alunos pedindo que votem numa das listas candidatas às eleições para a Assembleia Legislativa. A notícia foi avançada esta noite pela TDM – Canal Macau, que explica que o caso está a ser divulgado nas redes sociais.

 

As três escolas em causa estão a enviar circulares a pedir aos pais dos alunos que apoiem a candidatura da lista 11, Aliança de Bom Lar, encabeçada por Wong Kit Cheng.

 

Os pais de alunos que frequentam estas escolas estão tambem a ser questionados sobre se desejam receber material de campanha desta lista.

 

Em declarações à TDM – Canal Macau, a escola secundária Pui Va admitiu incentivar, de facto, a votação nesta lista, mas sublinhou não estar a pressionar os pais a fazê-lo. A instituição assegurou também não ter infringido a lei eleitoral, alegando que, enquanto estabelecimento privado, tem o direito de apoiar uma candidatura. Ainda assim, a Pui Va mostrou-se disponível para permitir que outras listas ali promovam o seu programa eleitoral, se assim o pretenderem.

 

A TDM – Canal Macau – que contactou também as outras duas escolas, mas sem sucesso – lembra que, de acordo com a lei eleitoral, as autoridades não têm poder para regular estas actividades promocionais organizadas por instituições privadas, sendo apenas as entidades públicas que devem manter a imparcialidade e neutralidade em campanha eleitoral.

 

No entanto, numa resposta enviada por escrito à TDM – Canal Macau, os Serviços de Educação e Juventude indicam que, embora as escolas privadas não obedeçam a estes princípios, devem, ainda assim, seguir as normas da comissão eleitoral e todas as directivas que promovem eleições justas, imparciais e responsáveis.

 

Sofia Jesus (com TDM – Canal Macau)