Em destaque

20 de Setembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.7133 patacas e 1.2006 dólares.

Carlos Leonel acredita em surpresa de Macau frente à Índia
Terça, 05/09/2017

A selecção de futebol de Macau recebe a Índia, esta noite, em jogo da fase de qualificação para a Taça da Ásia. O treinador Chan Hiu-ming vai orientar a equipa local, pela primeira vez, em partidas oficiais. Carlos Leonel, que tem participado em alguns amigáveis, também vai fazer a estreia. Na antevisão do embate com os indianos, o avançado do Benfica de Macau atribui o favoritismo aos adversários, mas acredita que é possível haver uma surpresa.

 

“É claro que a Índia é favorita. Mas temos as nossas ideias e queremos fazer uma boa exibição e um bom resultado. Acredito que podemos ganhar à Índia. Se não acreditasse, não jogava. Aceito que a Índia é uma selecção com outra rotina, que nós não temos. Mas o futebol é um desporto tão apaixonante porque qualquer equipa pode ganhar o jogo”, defende Carlos Leonel.

 

O segredo para a surpresa, acrescenta o jogador de Macau, passa por explorar o grau de motivação da Índia. “Do lado da Índia, ganhar é normal, perder é um escândalo. Os níveis motivacionais deles não vão estar tão altos como os nossos”, argumenta.

 

Na qualificação para a Taça da Ásia, agendada para 2019, nos Emirados Árabes Unidos, Macau soma duas derrotas, com o Quirguistão e o Myanmar. Frente à Índia, Carlos Leonel destaca o maior empenho na preparação.

 

“Tem sido feita com bastante entusiasmo e com trabalho árduo. Tenho notado maior assiduidade e vontade trabalhar nos meus colegas de selecção. Aguardamos este jogo com uma certa expectativa e até ansiedade. Nem todos os jogadores estão habituados [a este tipo de partida]”, refere o avançado.

 

Macau não pode contar com Filipe Duarte, Edgar Teixeira e Nicholas Torrão, colegas de Carlos Leonel no Benfica de Macau. “Estamos a falar de atletas de topo para a realidade de Macau. São atletas que iriam acrescentar e muito se jogassem. Espero que seja uma situação passageira e que possam estar, outra vez, disponíveis para serem convocados, o mais breve possível”, afirma.

 

As três ausências estão relacionadas com a data de chegada das férias, que ultrapassou o limite dado pelo seleccionador Chan Hiu-ming. Carlos Leonel rejeita comentar a opção.

 

O jogo entre Macau e a Índia vai ter transmissão em directo no Canal Desporto da TDM, a partir das 19h15. A partida tem lugar no Estádio de Macau, na Taipa.

 

Pedro Galinha