Em destaque

17 de Novembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.5413 patacas e 1.1806 dólares norte-americanos.

Coutinho: Responsabilização de altos cargos é prioridade
Segunda, 04/09/2017

A lista Nova Esperança, liderado por Pereira Coutinho, elege a responsabilização dos titulares dos principais cargos como uma das propostas principais. A lista apresentou esta tarde o programa político, que conta com cerca de 40 medidas.

 

“Enquanto não houver uma responsabilização, uma assunção da responsabilidade política, vão acontecer mais desastres cá em Macau, mais despesismo, mais irresponsabilidade. E tudo isto cairá em saco roto. Ou havendo calamidades como o tufão Hato, essas responsabilidades são despejadas pela cadeia hierárquica, por aí abaixo, como aconteceu com o pedido de demissão do director dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau”, afirma Pereira Coutinho.

 

A Nova Esperança conta com Leong Veng Chai como número 2 e Mónica Tang, como número 3. Caso sejam eleitos, os candidatos comprometem-se a lutar pela construção de 80 mil casas sociais e ainda de casas para funcionários públicos.

 

O aumento do valor da participação pecuniária e dos cheques de saúde são outras das propostas, bem como o ensino do português em todas as escolas desde a primária, e mais linhas de autocarros.

 

No fundo, diz Pereira Coutinho, as áreas em que pretende insistir são as mesmas que defendeu em anteriores eleições. “Isso significa que, de facto, a Assembleia Legislativa não consegue dar conta do recado quanto à consolidação das políticas e ao facto de o Governo ser mais responsável e mais exigente por parte dos deputados para que sejam de facto culpados por falta ou incapacidade de execução das políticas”, diz. 

 

Olhando ainda para outras listas, o número 1 da lista 6 diz que parecem partidos da oposição e não há noção do que é ser deputado: “não estamos a concorrer para governar. Estamos a concorrer para ocupar um lugar de deputado da Assembleia Legislativa. E as pessoas não têm noção, acho e acredito, o que é ser deputado da Assembleia Legislativa em Macau”.

 

Nas eleições de 2013, a Nova Esperança elegeu dois deputados –Pereira Coutinho e Leong Veng Chai -, mas agora a lista, diz a mandatária Rita Santos, pode não conseguir repetir o feito.

 

“Embora tenhamos tido nas últimas eleições 13 mil [votos], estamos com receio de perder alguns votos, porque este ano, de repente, apareceram mais três listas de trabalhadores da função pública e apareceram sete macaenses dispersos em outras listas. Na última vez, não houve nenhum macaense a participar (...). O que significa que se houver algum desvio de votos para os outros, nós vamos correr o risco de não ter nenhum candidato na Assembleia Legislativa”, afirma Rita Santos.

 

Marta Melo