Em destaque

17 de Novembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.5413 patacas e 1.1806 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Segunda-feira)
Segunda, 04/09/2017

O início da campanha eleitoral para as eleições de Setembro e o teste da Coreia do Norte são os principais temas da imprensa de Macau e Hong Kong desta segunda-feira.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun puxa para grande destaque o lançamento feito ontem pela Coreia do Norte. Pyongyang diz ter testado uma bomba de hidrogénio. A comunidade internacional está preocupada.

 

O Va Kio conta que há uma nova forma de fraude telefónica. De acordo com a Polícia Judiciária quem telefona diz que é de uma agência de turismo, alegando que há problemas com o bilhete de identidade e as pessoas não podem viajar.

 

Ou Mun Tin Toi

A Ou Mun Tin Toi dá esta conta de inundações um pouco por todo território. Em Coloane há registo de um deslizamento.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

“Cantiga da rua” lê-se na primeira do Hoje Macau, numa referência à campanha eleitoral para as eleições para a Assembleia Legislativa que arrancou à meia-noite de sábado. Em foco ainda António Castro Caeiro, em entrevista ao jornal – “A lógica do tempo” é o título.

 

No Jornal Tribuna de Macau destaque para o arranque da campanha eleitoral para as eleições para a Assembleia Legislativa. O jornal falou com os número 1 das primeiras três listas: Carl Ching, Ho Ion Sang e Ng Kouk Cheong. O matutino conta também que “Air Macau perde 18 milhões em seis meses”.

 

O Ponto Final escreve “Campanha aberta, candidatos na rua”, sobre o início da campanha eleitoral para as eleições de 17 de Setembro. Em outra chamada de capa lê-se “manhãs submersas”: no dia da passagem do tufão Hato 29 por cento da península de Macau terá ficado debaixo de água.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

A manchete do Business Daily é dedicada ao primeiro evento eSports que decorreu em Macau. O jornal económico destaca ainda Wilson Chi-Ian Lam, fundador da Macau Creations.

 

O Macau Daily Times diz que o jogo continua em alta apesar dos tufões. No destaque fotográfico Ai Weiwei e o seu último documentário sobre a crise migratória.

 

O Macau Post Daily destaca o apelo do presidente chinês, Xi Jinping, para tornar melhorar a economia mundial. Em foco ainda os Estados Unidos que podem, segundo Donald Trump, cortar as relações comerciais com todos os países que negoceiem com a Coreia do Norte.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O China Daily destaca a reunião dos BRIC que decorre em Xiamen. O presidente chinês, “Xi Jinping, diz que a cooperação económica é crucial”, titula o jornal. Em foco ainda a situação na península coreana. O tema foi abordado em um encontro entre os presidentes da China e da Rússia. Ambos se comprometem no fim do nuclear na Coreia do Norte.

 

Na primeira do South China Morning Post está Kim Jong Un a inspeccionar uma alegada bomba de hidrogénio. A China e os Estados Unidos já condenaram o maior teste nuclear realizado pela Coreia do Norte, escreve o jornal. Em foco ainda o apelo de Xi Jinping para que os BRIC se mantenham unidos na questão do comércio.

 

O Standard, com uma primeira página dedicada a publicidade, dá conta, no interior, do teste realizado pela Coreia do Norte que preocupa a comunidade internacional.

 

Marta Melo