Em destaque

20 de Setembro de 2017: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.7133 patacas e 1.2006 dólares.

Eleições: Campanha arrancou no Tap Seac
Sábado, 02/09/2017

À meia-noite de hoje foram centenas os que se deslocaram à Praça do Tap Seac para assinalar o arranque do período permitido à propaganda eleitoral. Há 14 lugares para os deputados eleitos por sufrágio directo, 12 por sufrágio indirecto e 7 nomeados pelo Chefe do Executivo.

 

São 186 os candidatos ao sufrágio directo e 15 para o indirecto. Todos correm por escassos lugares, tendo em conta o número de vagas na Assembleia Legislativa. A festa, a que não faltaram os apoiantes que preencheram a praça do Tap Seac, fez-se com cânticos, luzes, cores, balões e até luminosos neóns. Ainda não há eleitos, mas a afixação dos cartazes das listas. Simbólico, claro, mas um motivo para os cidadãos de Macau celebrarem a possibilidade de escolherem parte de quem os representa.

 

Um dos candidatos, José Pereira Coutinho, fala mesmo em fim da mordaça. Agora, já pode falar à vontade e apelar ao voto:

 

"É bom poder finalmente falar. Agora estamos prontos. As eleições são algo muito importante para o povo de Macau. Não sei se vou ser eleito, mas vamos dar o nosso melhor", disse o candidato a deputado, que lançou críticas aos Serviços Meteorológicos e Geofísicos. Pereira Coutinho diz que há em 2016 tinha alertado para alguns "problemas graves" existentes no organismo e lamenta que o "trágico tufão Hato tenha confirmado" essas mesmas acusações.

 

Se aqui falamos de um veterano, olhar para Sulu Sou é apontar baterias aos mais jovens. Candidato apoiado pwla Associação Novo Macau disse que "espera ser eleito e não ir sozinho para a Assembleia". Sulu fala mesmo em convencer os eleitores a concederem-lhe dois lugares e acredita que os jovens, muitos a votarem "pela primeira vez", vão olhar para o trabalho que a associação vem fazendo nos últimos anos. Sobre se isso significa roubar votos a Ng Kuok Cheong e Au Kam San, Sulu Sou diz que se os dois citados forem eleitos "será bom para todos".

 

A corrida começou. Seguem-se duas semanas de campanha. As eleições à Assembleia Legislativa têm lugar a 17 de Setembro.

 

João Picanço