Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Frota elogia “sentido profundo de estabilidade” chinês
Sábado, 18/02/2012

Carlos Frota, o primeiro cônsul-geral de Portugal na RAEM e actual embaixador português na Indonésia, considera que o período de pós-transferência de soberania de Macau fica marcado pelo “sentido profundo de estabilidade” demonstrado pelo Governo Central e pelas, então, novas autoridades de Macau.

 

No Rádio Macau Entrevista, Carlos Frota afirmou que “quer a comunidade chinesa, quer a de origem portuguesa sentiam que tinham de se ajustar à nova realidade e o que prevaleceu foi um sentido profundo de estabilidade assegurado pelas autoridades chinesas”, acrescentando que, neste ponto, há mérito do “Governo Central e das novas autoridades da RAEM, que fizeram um trabalho notável para confortar a comunidade, para lhe dar um sentido de confiança.”

 

Na entrevista que foi para o ar ao meio-dia e que pode ser escutada na íntegra na Internet, Carlos Frota falou, ainda, sobre a ascensão da China na cena mundial. Para o diplomata, “a China tem dado sinais de que o seu crescimento não é uma ameaça para ninguém, e nós temos que acreditar que é assim. Temos que favorecer, a nível internacional, essa ascensão pacífica da China.” Com a emergência da China e de outras novas potências, Carlos Frota entende que será crucial para a a Europa ajustar-se e adaptar-se a novas realidades.