Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Criminalidade violenta subiu mais de 18 por cento em 2011
Terça, 14/02/2012

 

No geral, no ano passado, as forças de segurança contabilizaram 12.512 processos-crime, o que representa um aumento de 7,4 por cento (+864 casos), comparativamente a 2010. Uma das subidas mais significativas registou-se ao nível da criminalidade violenta que apresentou um crescimento de 18,5 por cento face ao ano anterior. Neste âmbito, destacam-se os crimes de extorsão, que aumentaram 69,4 por cento (+25 casos), os furtos, que subiram em 770 casos, e o número de homicídios, que duplicou para quatro.

 

Ainda assim, o Secretário para a Segurança garante que Macau permanece uma cidade “segura” tanto para os residentes como para os turistas. Cheong Kuok Va admite, no entanto, que o aumento de turistas para cerca de 28 milhões exige também o recrutamento de mais agentes  “para servir nos postos transfronteiriços e fazer mais policiamento nas vias públicas”. A par disso, ainda neste primeiro semestre, o diploma que propõe um aumento do subsídio suplementar para os agentes de segurança poderá estar pronto para submissão à Assembleia Legislativa. O objectivo é tornar as carreiras da área “mais atractivas”, disse Cheong Kuok Va, na conferência de imprensa desta tarde de apresentação do balanço da criminalidade do ano 2011.

 

Os resultados apontam também para aumentos nos crimes contra o património, contra a vida em sociedade e contra o território. Em sentido contrário, houve menos crimes contra a pessoa e crimes relacionados com o consumo de estupefacientes. Neste âmbito convém, no entanto, salientar que se registou uma subida de 9,7 por cento nos casos de tráfico e venda de drogas.