Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Águas residuais no mar foi “como arrancar um dente”
Segunda, 31/07/2017

O secretário para os Transportes e Obras Públicas, Raimundo do Rosário, voltou hoje a defender que o despejo de águas residuais por tratar directamente nas zonas costeiras de Macau, devido a uma obra na Estação de Tratamento de Águas Residuais da Areia Preta, foi um mal necessário, como “arrancar um dente”.

 

Em declarações aos jornalistas, Raimundo do Rosário afirmou que a obra de substituição de uma conduta, que, na semana passada, levou à suspensão do funcionamento da ETAR, demorou “um dia e meio”, tendo sido feito “um esforço para que o incómodo fosse reduzido para o mais curto espaço [de tempo] possível”.

 

Segundo o governante, “o problema está resolvido” e descarregar directamente no mar as águas residuais que ficaram por tratar devido à obra foi como “arrancar um dente, teve que ser”.

 

Não é ainda conhecido qual foi o volume concreto de águas residuais não tratadas que foram descarregadas nas zonas costeiras de Macau durante a realização da obra.

 

Ao longo dos últimos dias, a TDM – Rádio Macau procurou saber, sem sucesso, junto dos Serviços de Protecção Ambiental, qual foi a quantidade de águas residuais descarregadas directamente no mar sem tratamento.

 

Nas declarações prestadas hoje, no final de uma reunião na Assembleia Legislativa, o secretário para os Transportes e Obras Públicas remeteu para as estatísticas publicadas na página electrónica dos Serviços de Protecção Ambiental, dados mensais a partir dos quais apenas é possível calcular uma média diária, recomendando aos jornalistas que “dividam por 30 dias e obtêm a resposta”.

 

De acordo com os dados disponibilizados pelos Serviços de Protecção Ambiental, em Maio, a ETAR da Areia Preta recebeu 4.741.825 metros cúbicos de águas residuais, o que dá uma média diária de quase 153 mil metros cúbicos.

 

Com base neste valor médio, a obra de um dia e meio terá resultado no descarregamento de cerca de 229 mil metros cúbicos de águas residuais.

 

Hugo Pinto