Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Díli: Sentença de ex-residentes de Macau de novo adiada
Sábado, 29/07/2017

A leitura da sentença no julgamento de um casal de portugueses, Tiago e Fong Fong Guerra, retido em Díli foi adiada pela segunda vez, até 11 de Agosto. Segundo a Agência Lusa em causa está o pedido feito pela defesa para que fosse chamado um especialista para clarificar divergências sobre duas transferências feitas a partir de uma conta em Macau.

 

O tribunal disse que vai notificar o Banco Central de Timor-Leste para que indique um especialista em transferências internacionais que possa falar na sessão do dia 11 de Agosto e ajudar a clarificar o assunto.

 

A leitura da sentença esteve inicialmente prevista para a passada segunda-feira, mas foi adiada para ontem depois de o próprio colectivo de juízes ter introduzido, na sessão de leitura do acórdão, o que definiu como alterações não substanciais dos factos.

 

A defesa contestou inicialmente o facto de esse material ter sido introduzido pelos juízes quando já tinham sido feitas as alegações finais no caso e quando o acórdão até já estava pronto para ser lido.

 

O casal é suspeito num caso de peculato, branqueamento de capitais e falsificação de documentos em Timor-Leste.

 

Tiago Guerra foi detido para interrogatório a 18 de Outubro de 2014, passou três dias numa esquadra e a 21 do mesmo mês foi ouvido no tribunal de Díli. Até ao dia 16 de Junho de 2015 ficou em prisão preventiva. Desde então está, também com a mulher, com Termo de Identidade e Residência e impossibilitado de sair de Timor-Leste.

 

Marta Melo (com Agência Lusa)