Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

AL: Deputados chumbam redução de tempo nas interpelações
Sexta, 28/07/2017

Mantêm-se os três minutos nas interpelações dos deputados. A assembleia reprovou o ponto que propunha a redução de três para um minuto no momento dos deputados pedirem esclarecimentos adicionais ao Governo nas sessões plenárias.

 

Ella Lei foi uma das vozes que se opôs à proposta e votou contra. A deputada diz que um minuto torna impossível lançar as questões devidas aos governantes.

 

"Mudar de três minutos não me parece razoável. Mesmo os três minutos, por vezes, parecem pouco tempo", disse Ella Lei.

 

O ponto foi reprovado com 15 votos contra e 13 a favor, depois de alguns minutos de discussão acesa sobre o tema. Todos os restantes pontos foram aprovados. Destaque para o Governo passar de 12 para 15 minutos no tempo máximo para responder depois de lidos todos os requerimentos.

 

Ainda na Assembleia Legislativa, a proposta de debate de Au Kam San foi aprovada. O documento sugere um debate sobre a atribuição de habitação económica. O pedido quer que se proceda à revisão da lei, para que se reponha a ordenação por pontos. Desta forma, diz Au Kam San, será possível acabar com o que trata por “lotaria” no regime de atribuição.

 

A data do debate será anunciada em breve.

 

João Picanço