Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

AL: Novo Macau pede comissões abertas ao público e imprensa
Quinta, 27/07/2017

A Associação Novo Macau esteve esta tarde na Assembleia Legislativa a pedir que os encontros das diferentes comissões do órgão sejam realizados de forma aberta ao público e à imprensa.

 

Antes do plenário agendado para esta tarde, o vice-presidente da associação, Sulu Sou, entregou aos deputados um documento em que pedia “uma discussão imediata” para abrir as portas das comissões.

 

Em declarações aos jornalistas, Sulu Sou disse acreditar que o trabalho das comissões "é importante" e "tem de ser mais transparente".

 

Sulu Sou mostrou-se confiante que a proposta vai ser bem acolhida, “sobretudo pelos deputados eleitos directamente”.

 

O activista lamentou, ainda, que se esteja a discutir no plenário de hoje o tempo de interpelação dos deputados. Aquele que é um dos rostos da Novo Macau considera que este tema “é algo muito importante para ser discutido agora”, tão em cima do fim da sessão legislativa.

 

O projecto de “alteração ao processo de interpelação sobre a acção governativa” e o projecto de “alteração ao regimento da Assembleia Legislativa" são dois dos pontos agendados para esta tarde.

 

Na ordem do dia dos deputados está ainda a votação na especialidade da proposta de “regime do ensino superior” e a votação de uma proposta de debate apresentada por Au Kam San, sobre a reposição do regime por pontuação na atribuição de habitações económicas.

 

João Picanço