Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Obras da ETAR motivam despejo de águas sem tratamento
Quinta, 20/07/2017

Um mal que tem de ser feito. Foi assim que o secretário para os Transportes e Obras Públicas traduziu, por outras palavras, o que vai acontecer a partir de segunda-feira na ETAR de Macau. Devido a um problema num colector que efectua o trabalho de tratamento de águas, os resíduos vão ser despejados sem tratamento. 

 

Raimundo do Rosário lamenta que assim tenha de ser, mas "o colector está já completamente ultrapassado e precisa de ser substituído. Não é bom, sabemos, mas tem mesmo de ser". O secretário refere também que os trabalhos vão ser contínuos, ou seja, a partir de segunda-feira, as obras só param quando tudo estiver terminado.

 

As águas vão ser despejadas em vários pontos. Uma forma, como diz Raimundo do Rosário de "separar o mal pelas aldeias". Para além disso, vai existir uma atenção para que os trabalhos mais ruidosos sejam feitos durante o dia, como modo de afectar o menos possível a vida da população.

 

João Picanço