Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Quarta-feira)
Quarta, 19/07/2017

A época de gripe obriga a cuidados redobrados por parte dos Serviços de Saúde. Os aparelhos de ar condicionado no Centro Histórico, uma lista para as eleições suspeita de fraude e um deputado de Hong Kong proibido de entrar de Macau são alguns dos temas da imprensa de rádio da região.

 

Imprensa de Macau em língua chinesa

Va Kio e Ou Mun abrem com o mesmo assunto: a época de gripe está à porta e esta semana houve três vezes mais casos que na anterior. Os Serviços de Saúde reuniram-se para elaborarem um melhor esquema de prevenção.

 

Ou Mun Tin Toi

A estação de rádio em língua chinesa da TDM dá conta do fórum matinal que teve lugar hoje. Novas taxas para os táxis e os melhoramentos esperados na rede de transportes foram os principais temas.

 

Imprensa de Macau em língua portuguesa

O Hoje Macau faz manchete com os aparelhos de ar condicionado visíveis no Centro Histórico, apesar de serem proibidos por lei. Uma reportagem também sobre a queda de preponderância do activismo político em Macau nos últimos anos.

 

O Jornal Tribuna de Macau investigação por suposta fraude na lista “Novas Ideias”, candidata às eleições de Setembro. As suspeitas envolvem falsificações de assinaturas. O cabeça de lista, Carl Ching, negou tudo. Nota também para o jogo VIP, que cresce o triplo do mercado de massas.

 

O Ponto Final fala do caso do deputado de Hong Kong impedido de entrar no território no passado sábado. A entrada vetada a Kwok Ka Ki foi justificada pelo secretário para a Segurança como uma medida de segurança interna. Nota também para o caso do cadáver de golfinho branco que deu à costa em Coloane, alegadamente morto por uma embarcação. É o quarto caso conhecido desde 2015.

 

Imprensa de Macau em língua inglesa

O Business Daily  cita a agência imobiliária Centaline, sobre os desafios para o mercado da habitação. Prevê-se uma quebra nas transacções nos próximos meses.

 

O Macau Daily Times abre com Wong Sio Chak a explicar o caso do deputado de Hong Kong impedido de entrar no território no passado sábado. O secretário fala de questões de segurança interna. No internacional, o Japão pede que se exerça mais pressão sobre a Coreia do Norte.

 

No Macau Post Daily abre-se com a polícia que estuda uma forma de obter as imagens de videovigilância de edifícios privados. Palavras do secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, que também teve uma palavra sobre a Uber: “Quem não cumprir a lei deve sair”.

 

Imprensa de Hong Kong em língua inglesa

O South China Morning Post tem na manchete que o Governo negoceia com duas instituições privadas o pagamento por camas para a época de gripe. Este é a fórmula encontrada para reduzir a pressão no sector público. Também se fala do tempo: em 17 dias choveu em Hong Kong a média habitual para o mês inteiro.

 

No China Daily Xi Jinping apoia a independência da Palestina. O presidente foi condecorado com a mais importante medalha de Estado da Palestina, após visitar o presidente Mahmoud Abbas.

 

O Standard relata a explosão num mercado nocturno em Taichung, na ilha de Taiwan, onde uma mulher morreu e pelo menos 15 ficaram feridas. O incidente ter-se-á devido a uma fuga de gás.

 

João Picanço