Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Wu Zhiliang: não houve mais-valias para Liu Chak Wan
Terça, 18/07/2017

O Presidente do Conselho de Administração da Fundação Macau, Wu Zhiliang, voltou hoje a garantir que Liu Chak Wan nada ganhou com a venda, à instituição, do Palácio Sommer, em Lisboa.

 

“No processo de decisão sobre o investimento seguimos as regras previstas para estes procedimentos. Qualquer pessoa que participe no processo de decisão não pode receber benefícios de forma directa ou indirecta. Ele [Liu Chak Wan] referiu que se a Fundação adquirisse o imóvel então seria vendido à Fundação pelo preço que ele pagou. Se a Fundação não quisesse adquirir o imóvel, ele assumiria todas as responsabilidades”, afirmou Wu Zhiliang, em declarações transmitidas pela TDM – Canal Macau.

 

Tal como a TDM – Rádio Macau avançou, a Fundação Macau adquiriu o imóvel por cerca de 70 milhões de patacas – um negócio que não foi tornado público. Liu Chak Wan tinha sido mandatado pela fundação para acompanhar o processo de aquisição do imóvel, com vista à instalação da Delegação Económica e Comercial de Macau. O empresário acabou por comprá-lo em nome próprio, antes de o vender à instituição – pelo mesmo preço. Se a Fundação Macau desistisse do negócio, Liu Chak Wan ficaria com o palácio que tinha sido identificado pela instituição como um bom investimento.

 

Sofia Jesus (com TDM – Canal Macau)