Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Ng Kuok Cheong e Au Kam San lamentam morte de Liu Xiaobo
Sexta, 14/07/2017

Ng Kuok Cheong e Au Kam San deixaram elogios ao dissidente chinês Liu Xiaobo. Na interpelação durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa, o deputado Ng Kuok Cheong pediu que se investigasse se Liu Xiaobo teve acesso a todos os cuidados médicos desde que lhe foi diagnosticada a doença, ao mesmo tempo que enalteceu a figura do Nobel da paz falecido na noite de ontem:

 

"Ele fez questão de dizer que não tinha qualquer ódio pessoal. A sua luta baseava-se no regime. Era isso que combatia". O deputado pede também a libertação imediata de Liu Xia, a esposa do falecido.

 

Au Kam San refere que com Liu Xiaobo parte o último baluarte "da luta pacífica" de alguém que "nunca se deixou vencer pelo ódio", mesmo depois de ter sido preso variadas vezes.

 

O deputado diz também que é preciso continuar a luta de Liu Xiaobo por uma China mais democrática.

 

O vice-presidente da Assembleia, Lam Heong Sang, criticou a intervenção de Ng Kuok Cheong e Au Kam San. Diz o deputado que o período que antecede a ordem do dia deve "ser dedicado a assuntos de interesse de Macau e dos seus residentes". Lam Heong Sang acrescenta que é condenável aproveitar o tempo para debater questões de outras regiões.

 

João Picanço