Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Pereira Coutinho não acredita em eleições limpas em Setembro
Sábado, 08/07/2017

O líder da Nova Esperança, Pereira Coutinho, em entrevista à TDM - Rádio Macau, afirma que os casos de fraude e corrupção eleitoral acontecem fora de Macau. “Hoje em dia qualquer tipo de fraude eleitoral e corrupção eleitoral não decorrem em Macau. É em Zhuhai. As negociatas ocorrem além fronteiras”, diz Coutinho, argumentando que tal acontece “porque a lei de Macau só se aplica em Macau”.

 

Questionado se tem provas, Coutinho diz que “basta olhar”. “As pessoas são convocadas para discutir os assuntos em Zhuhai. Eu tenho conhecimento disso mas não há nada a fazer. Isto só se resolve com educação”, adianta.

 

Pereira Coutinho afirma ainda não acreditar em eleições limpas e defende que a necessidade de a comissão eleitoral funcionar permanentemente.“Sou contra o facto de se criar uma comissão eleitoral quando estamos às portas das eleições. Sempre batalhei para haver um serviço público que eduque as pessoas no civismo e na política”, diz.

 

Nesta entrevista, Pereira Coutinho considera que o caso que envolve os filhos não terá influência na candidatura à Assembleia Legislativa. “Pensava que tinha, mas cheguei à conclusão que a comunidade chinesa compreende e interpreta bem os factos. Estou muito contente com isso. De maneira nenhuma está a afectar a minha candidatura”, afirma Coutinho, que não quis fazer comentários sobre o ponto de situação do caso.

 

Na entrevista à TDM - Rádio Macau, Pereira Coutinho reconhece que o tempo que tem dedicado à política o impediu de dar maior apoio à família e aos filhos.

 

Gilberto Lopes/ Marta Melo