Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Carrie Lam promete aplicar 'um país, dois sistemas'
Sábado, 01/07/2017

Carrie Lam tomou hoje posse como Chefe do Executivo de Hong Kong e comprometeu-se a continuar a implementar o princípio “um país, dois sistemas” e a desenvolver uma relação positiva com a China. Para os próximos cinco anos, a nova Chefe do Executivo promete “reforçar as indústrias tradicionais e as indústrias criativas” e apostar na diversificação da economia e no emprego para jovens.

 

Diz a nova líder do governo de Hong Kong que o futuro é “brilhante e promissor” e que é preciso trabalhar em conjunto. Em questões como a oferta de terras, protecção ambiental, direitos dos trabalhadores, ambiente empresarial, alívio da pobreza, “o Governo precisa de comunicar melhor com o Conselho Legislativo e com toda a comunidade para ter uma base comum”, notou no discurso.

 

O governo de Carrie Lam apresenta poucas novidades. Mantêm-se Mattew Cheung, como secretário chefe e os secretários das Finanças, Paul Chan, e da Justiça, Rimsky Yuen. A grande novidade Law Chi Kwong com a pasta do trabalho. Foi um dos fundadores do partido democrata. É a segunda vez, desde 1997, que há um secretário da ala democrata.

 

Marta Melo, em Hong Kong (com Carlos Picassinos)