Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Auditorias aos promotores de jogo conhecidas até Agosto
Quarta, 17/05/2017

A Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos já auditou 40 dos 126 promotores de jogo do território. O Director Paulo Martins Chan informou que até meados de Agosto espera que todos os promotores tenham as respectivas auditorias concluídas.

 

Para já, os resultados variam entre o muito bom e aqueles que podem melhorar, como disse Paulo Martins Chan, Director da Inspecção e Coordenação de Jogos.

 

"Alguns são bons, claro, enquanto outros precisam de alguns melhoramentos. Por isso, informámos para que estes menos bons melhorem em certos aspectos", disse Paulo Martins Chan.

 

Outra das questões lançadas ao director teve a ver com o novo mecanismo de reconhecimento da Union Pay. Pese embora sublinhe que a decisão seja alheia à entidade que regula o jogo em Macau, aplaude todas as formas de combate à ilegalidade.

 

"Primeiro defendemos que todas as actividades económicas têm de ser legais. A questão da Union Pay é apenas mais uma forma de prevenir ilegalidades e nós apoiamos qualquer forma que seja para reforçar isso mesmo. Embora não faça parte da nossa competência."

 

Paulo Martins Chan falou da questão das concessões dizendo apenas que, segundo a lei, vão ter de existir novas quando as actuais terminarem. Já quanto às subconcessões, prefere dizer que é uma questão ainda muito indefinida e precisa de uma discussão mais aprofundada.

 

O director da Inspecção e Coordenação de Jogos revelou também que não existem planos para a redução dos impostos sobre o sector, mas tudo está em aberto.

 

Paulo Martins Chan abordou o assunto do online gaming, dizendo que encontra-se totalmente fora dos planos. Sobre o Japão apostar no negócio do jogo, o director da entidade que regula o sector no território confirmou que o processo está a ser acompanhado, mas ainda é muito preliminar para tirar conclusões.