Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Festival Rota das Letras: "expectativas são muito grandes"
Domingo, 29/01/2012

Durante uma semana, autores, músicos, artistas do mundo lusófono e chinês têm encontro marcado em Macau para discutirem os caminhos da aproximação das culturas naquele que é o primeiro Festival Rota das Letras de Macau.
Este domingo realizou-se um workshop de escrita criativa com a chinesa Xu Xi e decorreu o primeiro painel de debate. Moderado por José Rodrigues dos Santos esta sessão teve como tema a China e os Países de Língua Portuguesa – Um Romance. A ideia, segundo explicou à Rádio Macau Hélder Beja da organização, foi “explorar a ideia da relação entre a China e a Lusofonia e perceber se ela é apenas económica ou se de facto também se deve investir nestes laços artísticos, culturais, humanos, sociais, e fazer mais coisas”.
Durante uma semana são várias as actividades previstas entre painéis de debate, concertos e exibições de filmes sendo que está a decorrer também uma feira do livro que, diz Hélder Beja, pretende “dar a conhecer os livros dos autores que estão presentes” neste evento. “Fizemos um esforço para ter os livros que estão traduzidos, como é o caso dos autores chineses que estão traduzidos para inglês. No caso dos livros que não estão traduzidos há a versão em chinês”, acrescenta.
O Festival Rota das Letras dura até ao final da semana e, diz o responsável, “as expectativas são muitos grandes”. Este primeiro festival conta com “quase duas dezenas de convidados de vários países da Lusofonia e também de Taiwan, da China Continental e de Hong Kong”, explica Hélder Beja.