Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Menos saídas de ambulâncias de bombeiros pela primeira vez
Quarta, 19/04/2017

Menos casos e uma maior consciencialização. São esses os principais factores apontados por Cheong Chi Wang, Chefe de Primeira do Corpo de Bombeiros, para a diminuição das saídas de ambulâncias nos primeiros três meses de 2017.

 

As saídas são as principais acções dos Bombeiros, que registaram pela primeira vez uma descida. Tal deve-se ao sistema do corpo, que aposta agora na saída de motociclos de pronto-socorro. Os veículos chegam mais rápido, não passando por problemas de trânsito, e só depois averiguam se a ambulância é necessária.

 

Houve 11 e oito casos nos primeiros três meses do ano, menos 684 que no mesmo período de 2016. Também se registaram menos 58 incêndios, saíram menos 614 ambulâncias, bem como houve uma descida de 15 operações de salvamento e 27 de serviços especiais.

 

O Chefe de Primeira falou também do sucesso do primeiro curso de formação de chefes de prevenção de incêndios, que trabalham junto da população para evitar os casos. Um total de 62 pessoas foram aprovadas no curso e o Corpo estuda agora uma nova edição no final deste ano.

 

Por último, domingo será um dia aberto no quartel junto ao lago de Sai Van. A população pode assim passar o dia em família e perto do Corpo de Bombeiros. Para além de poderem experimentar os equipamentos, os habitantes de Macau vão receber formação para a prevenção de incêndios e noções de conduta. Arranca às dez da manhã e estende-se até às cinco da tarde.

 

O Corpo de Bombeiros disponibiliza transporte de ida e volta entre o Posto do Lago Sai Van e o Posto da Areira Preta. Vai também haver transporte para quem prefira sair do Posto da Taipa.