Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Terça-feira)
Terça, 11/04/2017

Os diários locais fazem manchetes com temas diferentes, como o túnel da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, os casos de violência doméstica ou os estaleiros de Lai Chi Vun. Na região vizinha, os diários dão conta do caos que se instalou ontem no metro.  

                                                                   

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun diz que o túnel da ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau já está finalizado. O jornal sublinha que esta era a obra mais complicada da ponte devido aos condicionalismos geológicos. Ainda não é certo quando toda a estrutura entrará totalmente em funcionamento, mas a parte que liga Macau a Zhuhai deve ser inaugurada no final deste ano.

 

No Va Kio está em foco a terceira fase do Programa de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Contínuo, que arranca hoje. Também para este dia está marcada uma reunião dos Serviços de Educação e Juventude com as empresas que queiram aderir ao programa durante a qual serão explicados os procedimentos.

 

Ou Mun Tin Toi

 

O canal chinês de rádio da TDM diz que na noite passada houve um pequeno incêndio no Mercado Vermelho. Uma banca de peixe ardeu por causa de um curto-circuito, mas não houve mais danos a registar. O Instituto Cultural já veio garantir que o edifício não ficou danificado.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Hoje Macau coloca em foco uma entrevista a Au Kam San: “Propósitos de um democrata”. Em chamadas de capa lê-se “- Project Just Macau - Deixe aqui a sua queixa” e “Sufrágio Universal – uma ideia, duas visões”.

 

No Jornal Tribuna de Macau a manchete diz “Violência doméstica confirmada em 31 casos”. É o número contabilizado pelas autoridades desde a entrada em vigor da Lei de Prevenção e Comba­te à Violência Doméstica, a 5 de Outubro do ano passado. No destaque fotográfico do JTM lê-se “Confiança no imobiliário volta a degradar-se”.

 

O título do Ponto Final remete para os estaleiros de Coloane: “Macau podia ter o melhor museu marítimo da Ásia – senão do mundo”. Arquitectos defendem a criação de um museu marítimo em Lai Chi Wun. Este matutino vira também atenções na primeira para a artista de Macau, Crystal Chan, que “vence importante prémio de arte” em Nova Iorque.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily escreve “confiança dos consumidores em alta”. Um estudo da Universidade de Ciência e Tecnologia conclui ter havido um “crescimento significativo” durante o primeiro trimestre.

 

No Macau Daily Times a manchete é feita com o jogo: “Acções de volta ao topo – impacto da campanha anti-corrupção desvanece”. Em rodapé, este diário escreve que “está a tornar-se mais profunda a desconfiança no investimento imobiliário”.

 

O Macau Post Daily traz publicidade na primeira página e no interior dá especial foco à notícia de que o secretário para a Segurança criticou um agente da Polícia Judiciária, filmado a maltratar o seu cão no início do ano, por este ter iniciado uma acção judicial contra o presidente da Anima, Albano Martins, que publicou o vídeo nas redes sociais.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O China Daily titula “acordo para oleoduto no Myanmar alcançado em Pequim”. Na fotografia de capa vê-se o presidente da China, Xi Jinping, ao lado do homólogo do Myanmar, U Htin Kyaw. Noutro título, este jornal oficial chinês destaca as palavras do primeiro-ministro, Li Keqiang, que manifestou aos senadores norte-americanos vontade de avançar com as relações e negociações bilaterais.  

 

No South China Morning Post a manchete dá conta de um esquema que vai permitir que aposentados de Hong Kong recebam uma pensão vitalícia. A iniciativa deve ser lançada em meados do próximo ano. O destaque fotográfico mostra a confusão instalada numa estação de metro devido a uma falha de energia que durou cerca de duas horas.

 

Esses são dois temas também presentes na primeira página do Standard. “Caos em hora de ponta no metro”, é um dos títulos. Noutro, o jornal realça que o esquema para aposentados garante um retorno anual de 3 a 4 por cento.