Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Interregno custa apoio a quem fez formação até Abril
Segunda, 10/04/2017

A terceira fase do Programa de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Contínuo arranca, amanhã, com os residentes, a partir dos 15 anos, a terem direito a seis mil patacas para formação. Quem frequentou cursos ou realizou exames entre Janeiro e o actual mês de Abril não vai ser abrangido pela comparticipação.

 

“Amanhã, dia 11 de Abril, vamos receber os pedidos dos itens das instituições locais. No dia 28 de Abril será a publicação dos nossos resultados de apreciação. Os residentes podem aceder ao website da DSEJ para ver os cursos e os exames autorizados. Estes cursos e exames têm data de início a 30 de Abril”, explicou o chefe substituto da Divisão de Extensão Educativa da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ), Wong Chi Iong.

 

O mais recente regulamento administrativo do Programa de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Contínuo foi publicado, hoje, em Boletim Oficial. A nova edição prolonga-se até Dezembro de 2019.

 

“Este programa implica o uso do erário público. Tem um sistema próprio, daí que fazemos uma revisão regular. As fases são de três anos. Durante este período de tempo, fazemos permanentemente revisões do programa. Também fazemos uma avaliação intercalar e uma avaliação final”, indicou a chefe do Departamento de Ensino da DSEJ, Vicky Leong.

 

Mais de 167 mil residentes participaram na última edição do Programa de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Contínuo. Agora, a DSEJ prevê um aumento “não muito significativo”. Quanto a novas medidas de fiscalização, vai ser introduzido um registo electrónico para monitorizar as presenças.