Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Presidente da ANIMA acusado de violar lei de dados pessoais
Sexta, 07/04/2017

O Presidente da Anima, Albano Martins, foi acusado de violar a Lei de Protecção de Dados Pessoais. Em causa, o facto de ter partilhado, nas redes sociais, o vídeo do agente da Polícia Judiciária (PJ) que foi apanhado a maltratar um cão.

 

"Enquanto presidente da ANIMA é meu dever fazer isso e voltarei a fazer o mesmo, independentemente de haver uma lei que o proíba", afirma em declarações à Rádio Macau.

 

Apesar de ter alegado que não foi o autor do vídeo nem o primeiro a partilhá-lo nas redes sociais, Albano Martins acabou acusado pelas autoridades policiais.

 

O Presidente da ANIMA deixa ainda críticas à Lei de Protecção de Dados Pessoais, por penalizar quem faz a denúncia pública de um crime.

 

Albano Martins tornou o caso público num artigo de opinião públicado hoje no Jornal Tribuna de Macau.