Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Macau quer regularizar mercado do turismo e lazer
Quinta, 06/04/2017

Macau quer regularizar o mercado do turismo por forma a torná-lo mais transparente. E para isso conta com o apoio da China continental. As palavras são de Alexis Tam, à saída da da Reunião Anual da Comissão. O secretário para os assuntos sociais e cultura enalteceu também que a futura ponte que ligará Hong Kong, Macau e Zhuhai será uma boa oportunidade para o crescimento da região.

 

Alexis Tam revelou também que tem interesse em ver Macau com linhas aéreas para países de língua portuguesa. Mas tal não depende de si. Na verdade, são "as transportadoras aéreas que precisam de dar esse passo, realizar estudos e concluir se é ou não viável".

 

A nova biblioteca central é um projecto de grande envergadura, mas Alexis Tam não tem ainda datas para o concurso público, estando ainda em "fase de estudo e preparação. As obras devem arrancar em 2019 e a obra edificada em 2022".

 

O relatório do CCAC sobre as irregularidades na contratação de funcionários no Instituto Cultural (IC) foi assunto abordado com Alexis Tam. O relatório foi de resposta do IC já está concluído e Tam garantiu que o assunto não se trata de corrupção e que as dúvidas do Comissariado estão já regularizadas no Instituto.