Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Ho Chio Meng apela a recolha de declarações de testemunhas
Quarta, 29/03/2017

Ho Chio Meng fez questão de falar, na sessão da manhã que decorreu no Tribunal de Última Instância, de três testemunhas que não compareceram em tribunal na semana passada. O ex-Procurador diz que estas pessoas são “muito importantes” para contra-argumentar o que vem a ser dito pela acusação.

 

As testemunhas são todas da China continental e foram arroladas pela defesa. Ho pediu “ajuda ao tribunal” para que seja possível recolher as declarações destas pessoas. São elas o dirigente do Ministério Público de Guangdong, que Ho diz que chegou a “usar a sala de descanso dos docentes” que a acusação alega ser um espaço que o ex-Procurador usava para benefício próprio, e uma pessoa que trabalha na Procuradoria de Zhuhai.

 

A outra testemunha é um “representante o Supremo Tribunal da China”. Ho Chio Meng diz que não entende por que razão as duas primeiras testemunhas não compareceram, se “foram notificadas para estar em tribunal”. Quanto à terceira, o representante do Supremo Tribunal do continente, Ho Chio Meng assume saber que esta testemunha está impossibilitada a vir testemunhar fora do continente devido ao princípio “um país, dois sistemas”.

 

O ex-Procurador lamenta a situação e pediu ajuda ao tribunal. À saída da sala de audiências, Ho Chio Meng fez também questão de se dirigir aos jornalistas, a quem pediu também ajuda.