Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Quinta-feira)
Quinta, 30/03/2017

O envolvimento do dono da Polytec no julgamento de corrupção do ex-Procurador da RAEM, Ho Chio Meng, é um tema que preenche algumas páginas dos diários locais. Em Hong Kong, está em foco nos jornais o encontro da Chefe do Executivo eleita, Carrie Lam, com o director do Gabinete de Ligação do Governo Central na região vizinha.

                                                                   

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun diz que é dia de exame de admissão às universidades. Quatro instituições de ensino superior, a Universidade de Macau, o Instituto Politécnico, a Universidade de Ciência e Tecnologia e o Instituto de Formação Turística, realizam hoje a prova e contam com a participação de 4.800 estudantes.

 

No Va Kio o caso de um homem que perdeu 2 milhões de patacas. O homem levantou a quantia no banco e quando estava a conduzir o carro alguém lhe indicou que teria um pneu furado. Quando regressou à viatura depois de mudar o pneu, apercebeu-se que o dinheiro tinha desaparecido.

 

Ou Mun Tin Toi

 

O canal chinês de rádio da TDM diz que o número de visitantes que entraram em Macau em excursões desceu 2,3 por cento em Fevereiro, face ao mesmo mês do ano passado. 

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Hoje Macau coloca em destaque na primeira uma grande entrevista com a deputada Melinda Chan e a afirmação que “Macau precisa de mudanças”. Em chamadas de capa lê-se “campanha eleitoral – com que regras nos cosemos?” e “Macel Khalife: guerra, música e paz”.

 

A manchete do Jornal Tribuna de Macau diz “dono da Polytec implicado no caso Ho Chio Meng”. Or Wai Sheun está envolvido no caso do antigo Procurador por ter alegadamente beneficiado a es­posa de Ho Chio Meng. O destaque fotográfico do JTM é feito com António Trindade. O presidente da CESL Ásia refere que “há falta de liderança” nas questões ambientais. 

 

“Bem vindos, camaradas” titula Ponto Final, a propósito de São Tomé e Príncipe se ter tornado ontem membro de pleno direito do Fórum de Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa. “Um hospital à australiana” é outro título na primeira - Centro Hospitalar Conde de São Januário voltou ontem a ser acreditado pelo Conselho Australiano de Normas de Saúde.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

A manchete do Business Daily é dedicada à parceria entre a Galaxy e uma operadora de jogo de Monte Carlo que vão colaborar num projecto de casinos no Japão. Este diário económico dá honras de primeira página também ao julgamento do ex-Procurador, Ho Chio Meng. Testemunhas ouvidas ontem confirmaram que o proprietário da Polytec ofereceu descontos a um dos arguidos na compra de uma casa. 

 

O título principal do Macau Daily Times é feito justamente com este caso: “dono da Polytec acusado de conluio com Ho Chio Meng”. A fotografia publicada hoje na capa deste matutino marca o momento da entrega da carta assinada pela primeira-ministra britânica ao presidente do Conselho Europeu: “Reino Unido pede o divórcio da União Europeia”.

 

O Macau Post Daily titula que “comissão eleitoral promete controlar barulho dos veículos de campanha”. O presidente da Comissão dos Assunto Eleitorais da Assembleia Legislativa, Tong Hio Fong, anunciou a medida, depois de uma reunião com a Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

Em título, o China Daily escreve “Gabinete de Ligação apoia proposta de Carrie Lam para melhorar relações com o Legco”. A Chefe do Executivo eleita pretende reforçar os laços entre a Administração e o Conselho Legislativo. A fotografia publicada na primeira página deste jornal oficial chinês mostra o momento em que o presidente Xi Jinping planta uma árvore, com a ajuda de algumas crianças.

 

A manchete do South China Morning Post diz que “Pequim concorda que Carrie Lam faça a gestão dos assuntos à sua maneira”. No destaque fotográfico vê-se a Chefe do Executivo eleita a chegar ao Gabinete de Ligação do Governo Central em Hong Kong e a ser cumprimentada pelo director, Zhang Xiaoming.

 

No Standard lê-se que “um trabalhador morreu e outro está desaparecido” devido à queda de uma plataforma temporária na Ponte Hong Kong – Zhuhai – Macau.