Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Quinta-feira)
Quinta, 23/03/2017

Um acidente na Ponte Governador Nobre de Carvalho que deixou 32 pessoas feridas faz alguns dos destaques na imprensa local. Em Hong Kong, os jornais dão conta da morte de um bombeiro numa operação de socorro a duas pessoas presas numa zona montanhosa.

                                                                   

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun diz que 32 pessoas ficaram feridas num embate entre dois autocarros. O acidente aconteceu na Ponte Governador Nobre de Carvalho ontem à noite.

 

No Va Kio a manchete é feita com o mesmo assunto. Um autocarro despistou-se e foi bater noutro que seguia na faixa contrária. Um táxi também esteve envolvido no acidente, tendo batido na traseira de um dos autocarros. Não há registo de ferimentos graves.

 

Ou Mun Tin Toi

 

O canal chinês de rádio da TDM diz que o Instituto de Habitação cancelou 61 contratos para habitações económicas, porque os proprietários já tinham outras casas em Macau.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Hoje Macau publica uma entrevista ao deputado Leonel Alves que afirma que “a Assembleia tem de ser mais transparente”. Em chamadas de capa lê-se “poluição- um lago pintado de vermelho” e “comunidades – alertas, pedidos e conselhos”. Referência ainda para a directora da Associação de Arte e Cultura Comuna de Pedra, Jenny Mok: “as histórias de idas e vidas”.

 

“Instituto Cultural avalia petição para classificar estaleiros” é o título do Jornal Tribuna de Macau - através de uma petição com 670 assinaturas, o Grupo de Salvaguarda de Lai Chi Vun solicitou formalmente ao IC a classificação dos antigos estaleiros em Coloane. O destaque fotográfico do JTM alerta para o facto de a “carne poder encarecer após escândalo no Brasil”.

 

O Ponto Final titula “o pior cego” - a Associação de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiências Visuais diz que os boletins de voto em braille têm tudo para ser mal sucedidos: parte significativa dos invisuais não teria capacidade para identificar os nomes dos candidatos. O jornal escreve ainda que a Coreia do Norte poderá ter destacado espiões para Macau para vigiar a mulher e os filhos de Kim Jong-nam.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

A manchete do Business Daily é “carne brasileira fora do menu”. Está proibida a importação de carne do país desde terça-feira. Os importadores locais avisam que a proibição irá resultar no aumento dos preços nos restaurantes locais.

 

O Macau Daily Times titula “questionada forma como as autoridades usam testes de ADN”. O destaque fotográfico e o rodapé são entregues ao ataque em Londres: “tiros disparados em Westminster e pessoas agredidas à facada”.

 

O Macau Post Daily coloca em foco o director dos Serviços de Saúde. Lei Chin Ion afirma que os requisitos para as salas de fumo “são práticos”. Ainda em destaque a notícia do acidente entre dois autocarros e um táxi na ponte que provocou 32 feridos.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O China Daily destaca a morte de um bombeiro numa operação de busca e resgate por duas pessoas nuns trilhos de Hong Kong. A fotografia deste jornal oficial chinês ilustra a notícia de que “a China e a Rússia partilham o caminho da prosperidade”.

 

O South China Morning Post também destaca a morte “heróica” de um bombeiro que participava na operação de socorro a duas pessoas presas numa “zona traiçoeira” do parque Ma On Shan. Noutra notícia em foco na primeira, este diário escreve que o homem mais rico de Hong Kong, Li Ka-shing, não avança nomes mas é claro o seu apoio a Carrie Lam nas eleições para Chefe do Executivo.

 

O Standard ainda não chegou à redacção da TDM - Rádio Macau.