Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Demolições arrancam em Lai Chi Vun
Quarta, 08/03/2017

O Governo começou, esta manhã, a demolir estruturas ligadas aos estaleiros navais, na povoação de Lai Chi Vun. Os trabalhos, que ainda prosseguem, abrangem dois lotes.

 

De acordo com uma nota de imprensa da Direcção dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água (DSAMA), as instalações alvo de intervenção estavam “gravemente” deterioradas devido à “falta de manutenção permanente”. A situação representava um “alto risco para a segurança”.

 

Durante os trabalhos, os residentes da zona foram aconselhados a desocuparem as casas. O Instituto de Habitação ficou responsável por providenciar alojamento provisório nesta fase. Depois das demolições, entra em cena a Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes, que vai proceder ao “nivelamento do terreno, para garantir a segurança pública e salubridade ambiental”. A mesma entidade vai “coordenar” os trabalhos relativos ao concurso público para a realização do estudo de planeamento de Lai Chi Vun. A ideia é oferecer, no futuro, “um espaço de melhor qualidade para os cidadãos e turistas”.

 

Dos 18 lotes existentes, três vão ficar nas mãos do Instituto Cultural: duas casas e um estaleiro naval. Outros quatro – cujo estado das instalações é “aceitável” – requereram a renovação da licença. A análise dos pedidos está com a DSAMA.

 

A demolição de 11 estruturas ligadas à indústria naval tem suscitado várias críticas. Os moradores da zona ameaçaram ocupar os estaleiros, caso o Governo não suspendesse a decisão.