Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Sexta-feira)
Sexta, 03/03/2017

A morte de um jovem motociclista está em destaque nos jornais chineses de Macau. Já em Hong Kong, os diários viram atenções para a Conferência Consultiva Política do Povo Chinês e para o candidato ao cargo do Chefe do Executivo, John Tsang.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun faz manchete com uma notícia trágica. Um jovem de 23 anos morreu num acidente de mota, tendo-se despistado sozinho contra uma colina.

 

O Va Kio destaca o mesmo assunto na primeira página. O jovem tinha tirado a carta recentemente, mas achou que precisava de mais prática com a scooter e acabou por sofrer o acidente fatal.

 

Ou Mun Tin Toi

 

O canal chinês de rádio da TDM diz que a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego refere que a taxa de aprovação de veículos no centro de inspecção foi de 98 por cento no ano passado. Uma taxa idêntica à de 2015, sublinha o organismo, em resposta à interpelação escrita da deputada Kwan Tsui Hang.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“Parto com dor” é o título escolhido no Hoje Macau por causa de um caso que segue em tribunal de uma família contra o Centro Hospitalar Conde de São Januário. Alegado erro médico durante o parto deixou bebé com paralisia profunda. Na primeira referência ainda para uma entrevista a Margarida Saraiva, a curadora do Museu de Arte de Macau.

 

O Jornal Tribuna de Macau escreve em manchete “o ‘Ocean Park’ da Taipa que nunca saiu do Boletim Oficial” – o projecto nunca saiu do papel e o Executivo pondera avançar para uma declaração de caducida­de do terreno, cedido à empresa Chong Va – Entrete­nimento, Limitada. Este jornal publica ainda uma entrevista exclusiva ao seleccionador Fernando Santos. No destaque fotográfico lê-se “Alunos do IFT recolhem memórias orais”.

 

Em grande destaque n’O Clarim está Paul Chan Wai Chi. O ex-deputado e director do Observatório de Macau afirma que o “Governo tem medo dos interesses instalados”. Ainda em foco neste semanário católico está Vasco Teles da Gama. O descendente de Vasco da Gama diz que “a diáspora é o maior trunfo de Portugal”.

 

O semanário Plataforma vira atenções para o Festival Literário Rota das Letras que tem início amanhã. É publicada uma entrevista a Ouyang Jianghe, “um dos mais influentes nomes” da poesia chinesa, com o título “ofuscados pela prosperidade”.

 

A manchete do Ponto Final diz “julgar primeiro, notificar depois” - o mecanismo de notificação a que recorrem as forças de segurança e os serviços públicos nem sempre é bem sucedido e quando a mensagem não chega, as instruções são para que os visados sejam retidos à entrada ou à saída do território. “Subsídio provisório de invalidez passa a permanente” é outro título na edição de hoje.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily faz título com a notícia de que os hotéis de baixo custo de Macau “enfrentam tempos difíceis e que palavras doces do Governo não são suficientes”. “o jogo da culpa” é outro título neste diário económico sobre a CTM ter dito que vai discutir com o Governo a questão da compensação não monetária a ser pedida à empresa na sequência das críticas da Auditoria ao serviço WiFi Go.

 

O Macau Daily Times vira atenções para o julgamento do ex-Procurador da RAEM, Ho Chio Meng: “um caso feito de ‘madeira dos deuses’ de valor incalculável”. Este jornal escreve ainda que na China as “autoridades foram processadas por não se terem livrado do smog”.

 

O Macau Post Daily faz manchete com os resultados de um estudo realizado por uma associação local: “residentes não estão cientes de que precisam proteger a sua audição”. Apenas 24 por cento dos inquiridos disseram ter realizado testes aos ouvidos.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

No China Daily lê-se que “duas sessões vão servir para destacar as ideias de Xi Jinping” – o presidente chinês vai falar nas cerimónias de abertura oficial da próxima Conferência Consultiva Política do Povo Chinês e do Congresso do Partido Comunista que se realizam, respectivamente, sexta-feira e domingo. Este jornal oficial chinês acrescenta que “os discursos dos líderes vão apontar no sentido do grande sonho de revitalização da nação”.

 

O South China Morning Post traz um exclusivo na primeira: “ex-juiz não encontra provas de interferência política na Universidade de Hong Kong”. A fotografia do South China remete para o aparato jornalístico numa conferência de imprensa com o porta-voz da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês – o órgão consultivo reúne-se a partir de hoje.

 

Nesta edição de fim-de-semana, o Standard destaca no interior John Tsang. O candidato ao cargo de Chefe do Executivo em Hong Kong “tem um pé em cada campo”, escreve este diário. Tsang acredita que vai conseguir reunir votos do campo democrático e também das forças pró-Pequim.