Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Eleições AL: Nova linha para denunciar irregularidades
Quarta, 01/03/2017

O combate à corrupção eleitoral vai ter uma nova arma. Uma linha directa - a anunciar em breve - ao serviço da população para a denúncia de possíveis irregularidades relacionadas com os candidatos e as respectivas campanhas para as eleições da Assembleia Legislativa, marcadas para Setembro. Foi este o ponto essencial da reunião onde estiveram presentes a Comissão de Assuntos Eleitorais da Assembleia Legislativa (CAEAL), membros do Comissariado Contra a Corrupção (CCAC), PSP e Polícia Judiciária.

 

"O público poderá falar directamente com o CCAC se vir algo irregular. A acção será imediata", informou Tong Hio Fong, presidente da CAEAL.

 

A reunião, a quarta desde a criação da Comissão, serviu para as entidades presentes comprometerem-se em cooperar para que as eleições de Setembro sejam justas e íntegras. É neste sentido de ligação estreita que o CCAC quer trabalhar com as polícias, como informou o Comissário.

 

André Cheong não quis revelar em concreto qual o tipo de acções que o CCAC vai levar a cabo para punir os infractores, limitando-se a dizer que o organismo vai “cumprir com o que está estipulado na lei.”