Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Quarta-feira)
Quarta, 01/03/2017

A detenção de um aluno de 17 anos por coacção sexual de uma menina de 11 é um dos casos em foco na imprensa local, assim como os estaleiros de Lai Chi Vun. Em Hong Kong, os diários viram atenções para a oficialização da candidatura de Carrie Lam à eleição para o Chefe do Executivo.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun destaca o alerta da Polícia Judiciária às escolas e aos pais. Em causa um website que está a fazer um estudo falso sobre a vida sexual dos alunos.

 

O Va Kio dá conta da detenção de um aluno de 17 anos por suspeitas de coacção sexual a uma colega de 11 anos. O jovem incorre em pena de prisão de dois a oito anos.

 

Ou Mun Tin Toi

 

O canal chinês de rádio da TDM realça as mudanças na liderança da Direcção dos Serviços de Justiça. Despachos da secretária Sónia Chan, publicados esta manhã em Boletim Oficial, nomeiam dois novos subdirectores, que são Cheong Ham e Carmen Maria Chung.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“Alma no estaleiro” é a manchete do Hoje Macau a propósito de Lai Chi Vun. Moradores da pequena povoação de Coloane dizem que sem os estaleiros, Lai Chi Vun perde a sua alma. Referência ainda para a economia de Macau que está com “sinal positivo”.

 

O Jornal Tribuna de Macau escreve em título que “deputados temem difamação na campanha eleitoral”. Num encontro com a Comissão de Assuntos Eleitorais da Assembleia Legislativa, vários deputados manifestaram­-se preocupados com lacunas na lei eleitoral. O destaque fotográfico do JTM refere que o “património seduz mais turistas”.

 

Para manchete, o Ponto Final escolhe a notícia de que afinal, Tashi Norbu não tentou entrar em Macau no fim-de-semana passado. Mas, segundo este diário, o pintor belga, de origem tibetana, só não o fez porque recebeu indicações de que poderia ser deportado à chegada ao território. Ainda em foco o caso de um jovem de 17 anos que foi detido pela Polícia Judiciária depois de ter alegadamente assediado uma menina de onze anos.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily realça os resultados anuais publicados pela SJM e pela Galaxy Entertainment. Os lucros líquidos da Galaxy aumentaram em mais de metade. Por outro lado, as receitas da SJM caíram em todos os segmentos, com os lucros a baixarem 5,6 por cento face a 2015.

 

A manchete do Macau Daily Times é feita com os estaleiros navais de Coloane: “moradores estão abertos à modernização que preserve o património”. Numa chamada de primeira lê-se que diplomatas norte-coreanos chegaram a Kuala Lumpur em busca do corpo de Kim Jong-nam, meio irmão do líder da Coreia do Norte.

 

O Macau Post Daily titula “aluno de 17 anos molesta menina de 11”. O jovem foi detido na segunda-feira. Noutro destaque, este matutino diz que “Rússia e China vetaram resolução das Nações Unidas para sanções à Síria”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O China Daily faz título com uma frase do presidente chinês: “o progresso tem de andar a par com a estabilidade”. Xi Jinping quer que as reformas avancem mas de “mãos dadas” com um controlo dos riscos.  A fotografia na primeira página deste jornal oficial chinês é de Carrie Lam que se tornou oficialmente na terceira candidata à eleição para Chefe do Executivo de Hong Kong, depois de ter conseguido reunir as assinaturas necessárias.

 

O South China Morning Post também escolhe para destaque fotográfico o momento em que Carrie Lam entrega os documentos no gabinete da Comissão Eleitoral. Na manchete, lê-se “Xi Jinping junta-se aos apelos por um maior controlo dos riscos financeiros”. 

 

No Standard o foco vira-se também para a oficialização da candidatura de Carrie Lam. “Contem comigo com 579” lê-se neste jornal, depois da antiga secretária-chefe do actual Governo ter apresentado quase metade das assinaturas dos membros da Co­missão Eleitoral.