Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Quinta-feira)
Quinta, 19/01/2017

O tema dominante na imprensa local é o caso dos turistas indianos que apareceram mortos, no Hotel Okura. Em Hong Kong, os jornais em língua inglesa destacam a apresentação das últimas Linhas de Acção Governativa por CY Leung.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

As primeiras páginas tanto do Ou Mun como do Va Kio têm como destaque a morte dos dois turistas indianos, registada, ontem, no Hotel Okura. A polícia foi chamada ao local e encontrou ainda uma mulher e um jovem inconscientes. Todos pertencem à mesmo família. A investigação preliminar aponta para um caso de suícidio colectivo.

 

Ou Mun Tin Toi

 

Na estação de rádio Ou Mun Tin Toi, a emissão desta manhã tem sido preenchida com as 28 propostas recebidas para as obras de remodelação instalações do Centro de Inspecções de Veículos Automóveis. Dois andares do edifício vão ser alvo de trabalhos.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Hoje Macau escreve “o pior amigo do cão” para descrever o caso de um agente da Polícia Judiciária investigado por maus tratos a animais. O homem foi filmado a “espancar” um cão. A Anima entrega, hoje, um protesto ao Governo e pede a pena máxima: 100 mil patacas.

 

O Jornal Tribuna de Macau adianta que “pedidos de apoio psicológico aumentam na Função Pública”. O crescimento registado é de 13,5 por cento para 42 casos, em 2016 e face a 2015. “Turismo aponta a mira ao Brasil” também tem honras de primeira página.

 

O Ponto Final titula “a morte saiu à rua num dia assim”, em referência ao caso dos turistas indianos. Outro tema em evidência é a possibilidade de ser restabelecida uma ligação aérea para Portugal. A CAM – Sociedade do Aeroporto Internacional de Macau “quer voos” para Lisboa.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily faz manchete com a previsão da Jones Lang LaSalle sobre a queda no valor do arrendamento de escritórios. A descida anual, em 2017, deve ser superior a dez por cento. Na primeira página há ainda uma referência ao plano director para o turismo, cujo prazo de conclusão é Junho.

 

O Macau Daily Times foca-se na falta de uma data para a inauguração do novo Estabelecimento Prisional de Macau. Inicialmente, o prazo apontado era 2014. O balanço de 2016 feito pela Direcção dos Serviços de Turismo partilha o destaque do dia. No ano passado, o território foi visitado por mais pessoas, que gastaram menos dinheiro.

 

O Macau Post Daily tem como protagonista Xi Jinping. O presidente chinês “faz apelo a mundo sem armas nucleares”, na sede europeia das Nações Unidas, em Genebra. O jornal também destaca a declaração do secretário para a Segurança sobre o caso do agente da Polícia Judiciária apanhado a maltratar um cão. Wong Sio Chak disse estar “desapontado” com a conduta do homem.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

No China Daily lê-se que a política do Chefedo Executivo da região vizinha “continua proactiva”. Ontem, CY Leung apresentou as últimas Linhas de Acção Governativa (LAG) de Hong Kong, tendo reafirmado o princípio “Um país, dois sistemas”.

 

O South China Morning Post indica que o líder do Governo defendeu o “legado que deixa”, no último discurso das LAG. A intervenção ficou marcada pelo foco nas questões sociais, como a habitação.

 

O Standard refere que o “adeus” de CY Leung foi acompanhado pela apresentação de 25 novos locais para construir mais de 60 mil casas, entre empreendimentos públicos e privados. O plano deve ser concluído até 2014.