Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Bélgica interessada em atrair investimento de Macau
Quarta, 11/01/2012
O governo belga está interessado em reforçar a cooperação com Macau em áreas como a saúde, produtos farmacêuticos e ambiente. A intenção foi manifestada pelo vice-primeiro-ministro belga, Didier Reynders, num encontro, ontem, em Bruxelas, com o Chefe do Executivo.

De acordo com Chui Sai On, “o governo belga está com grande interesse em poder continuar a atrair mais investidores de Macau e da China”. Segundo o Chefe do Executivo, esse interesse é recíproco, já que Macau “tem interesse nos investidores belgas”, afirmou Chui Sai On aos jornalistas que o acompanham nesta visita a Bruxelas e à União Europeia.

No encontro entre o Chefe do Executivo e Didier Reynders, o recente desenvolvimento de Macau foi um dos temas abordados. Em declarações aos jornalistas, o porta-voz do Governo de Macau, Alexis Tam, revelou que o também titular da pasta dos Negócios Estrangeiros, Comércio e Negócios Europeus do governo belga mostrou-se interessado em conhecer Macau.

“Didier Reynders ouviu dizer que Macau está numa fase muito próspera e com grande sucesso”, afirmou Alexis Tam, acrescentando que o Chefe do Executivo endereçou ao governante belga um convite para visitar o território, o que deverá acontecer no próximo verão, revelou Tam: “Em Junho, como Didier Reynders tem uma missão oficial à China e ao Japão, gostaria de passar por Hong Kong e Macau.”