Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Serviços de Turismo querem mais qualidade em 2012
Terça, 10/01/2012
Os Serviços de Turismo vão apostar mais na qualidade durante 2012. “Há ainda bastante trabalho a fazer, porque pensamos em aumentar a qualidade (...) providenciando uma melhor categoria de hotéis, de alimentação (...) com isso estamos a fazer dois em um, ou seja, aumentar a receita ao nível dos operadores locais e ao mesmo tempo providenciar que o nosso produto turístico seja mais conhecido a um outro nível no exterior”, afirmou Costa Antunes.

Neste sentido, indicou o director dos Serviços de Turismo, vão trabalhar o novo Departamento de Formação e Controlo da Qualidade, - em coordenação com os vários serviços governamentais -, e também um novo grupo de trabalho interno, sobre o qual o não adiantou muito. No entanto, Costa Antunes sublinhou que este grupo interno irá tratar de algumas das “questões imediatas” que estão a criar “constrangimentos” ao desenvolvimento do turismo, como a acessibilidade a Macau, o sistema de transportes da cidade e também a própria sinalização turística.

Além da reestruturação interna dos Serviços de Turismo e das alterações às leis do sector, em 2012, vai ainda haver uma aposta forte nos mercados da Rússia e do Dubai. O responsável referiu que “passos decisivos” já foram dados no sentido de Macau isentar os cidadãos russos de visto de entrada, tal como acontece em Hong Kong e na China.

Outro dos objectivos para este ano passa por colocar-se um ponto final às excursões a custo zero, meta que, contudo, está dependente de protocolos assinados entre Macau e as autoridades chinesas, acrescentou Costa Antunes, em declarações aos jornalistas, depois da conferência anual dos Serviços de Turismo.