Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (quinta-feira)
Quinta, 29/12/2016

Em grande destaque na imprensa portuguesa surge, esta quinta-feira, a acusação dos EUA a dois hackers de Macau, a expansão da clinica Maló, e as queixas sobre a falta de trabalhadores qualificados.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun faz manchete com o caso das motas incendiadas nas Portas do Cerco. Na manchete, com fotos, Polícia Judiciária deteve suspeito de incêndio de 90 motociclos na zona norte.

O Va Kio também fala do caso das motas incendiadas na zona das Portas do Cerco. Ontem, a PJ apresentou um suspeito do incêndio de 90 motociclos na zona norte da cidade. Trata-se de um residente de Macau, de 34 anos de idade.

 

Canal chinês da Rádio Macau

O Ou Mun Tin Toi destaca também, esta manhã, a conferência de imprensa da Polícia Judiciária em que foi apresentado um suspeito do incêndio de 90 motociclcos na zona norte da cidade.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

O jornal Ponto Final fala em “Residentes de Macau na mira de Washington”, na manchete, sobre o caso de residentes de Macau acusados de espionagem comercial. “Onde pára o herói de Passaleão?é a pergunta que o jornal escolhe para falar do paradeiro incerto da estátua de Vicente Nicolau de Mesquita.

 

No Hoje Macau, “Precisa-se” é a manchete,numa referência à falta de recursos qualificados em Macau. Na primeira surge ainda chamada para um artigo de opinião de António Saraiva. 

 

No Jornal Tribuna de Macau, “Grupo Maló vai abrir clínica na peninsula” é o principal título. O jornal fala ainda de dois hackers de Macau acusados pelos EUA de espionagem.

 

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Macau Daily Times também puxa para manchete a questão da ciberespionagem - “Hackers de Macau atacam firma de topo de advogados de Nova Iorque”. 

O Business Daily afirma, na gorda, “Inflacção sobe ligeiramente”, com o valor de 1,53 por cento em comparação com o mês passado. O jornal também fala das acusações norte-americanas a dois hackers de Macau.

O Macao Post Daily prefere destacar, na parangona - “Beata na origem do incêndio de 90 motas, suspeito detido”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O South China Morning Post puxa para a manchete as anunciadas mudanças na estrutura do PC. “Xi chama quadros em vista da remodelação no partido”.  O jornal publica fotografias de passageiros da nova linha de metro do sul da ilha. “Tudo corre bem, abertura da linha sem problemas”.

 

O China Daily puxa para a primeira página a visita de Shinzo Abe a Pearl Harbour. “Visita de Abe a Pearl Harbour mascara intenções militares”, afirma a manchete. Depois, outro título: “Relações diplomáticas de Taiwan em risco pela recusa do consenso”.

 

O The Standard destaca na primeira, com fotos, a abertura de uma nova linha de metro para o sul da ilha de Hong Kong. “Todos a bordo” é a manchete.