Em destaque

26 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.0301 patacas e 1.1139 dólares norte-americanos.

Centro de Ciência: Obras terminam um ano depois do previsto
Quarta, 21/12/2016

Deveriam ter demorado no máximo quatro meses, mas as obras de manutenção do Centro de Ciência só ficaram concluídas um ano depois. O atraso é justificado com o incêndio, provocado por trabalhos de soldadura, no topo do edifício, em Novembro de 2015.

 

O Centro de Ciência adianta à Rádio Macau que as obras ficaram concluídas no “início deste mês”. O orçamento final não foi revelado, mas deve ultrapassar a estimativa inicial, que apontava para gastos de “cerca de cinco milhões de patacas”.

 

O valor está a ser apurado pela companhia de seguros do Centro de Ciência. “O montante será calculado com base no relatório de avaliação”, lê-se na resposta escrita enviada à Rádio Macau.

 

A assessoria jurídica e a companhia de seguros estão em comunicação. O Centro de Ciência garante que “tudo está protegido pelo seguro”.

 

Os trabalhos de manutenção, que arrancaram em Setembro de 2015, foram adjudicados à empresa que apresentou o valor mais baixo. Na altura do incêndio, o Centro de Ciência adiantou que a avaliação preliminar mostrava que a estrutura do edifício não tinha ficado comprometida. As áreas mais afectadas incluíam a clarabóia e os painéis de alumínio exteriores. Cerca de uma dezena de expositores, representando três por cento do número total, tinha ficado “ligeiramente danificados pela água” usada pelos bombeiros.

 

O projecto do Centro de Ciência é da autoria do famoso arquitecto I. M. Pei.